Capim Grosso: Morte de adolescente é rondada de mistérios Família pede Justiça  

janeiro 3, 2017 Sem comentários »

 

Deu entrada na UPA 24h, na noite desse domingo,( 01) de Janeiro, o adolescente Edivan Lima Silva, 14 anos, que de acordo com informações colhida pela nossa equipe na UPA  o menor deu entrada sem os sinais vitais. Porem segundo informações do chefe da guarda o menor estava envolvido em uma via de  fatos (briga) quando foi conduzido pela Guarnição da Guarda Municipal juntamente com a  vitima que também estava na discussão para receber atendimentos médicos e que o menor deu entrada com sinais vitais.

A morte do menor ainda no foi esclarecida o corpo foi removido para o IML de Jacobina para ser necropciado e aguarda o laudo medico para saber a causa da morte.

diversas acusações e mistérios cercam a morte do adolescente, e nessa manha de terça feira (03) de janeiro em meio ao sepultamento d uma viatura da policia militar que passa na avenida foi alvo de protesto pelos familiares da vitima, que arremessaram objetos contra a guarnição sendo contida pelos policias que conduziu três pessoas para o Disep, o Avô do adolescente ficou ferido no braço, sendo liberado pela policia minutos depois.

A família pedia justiça e explicações sobre o ocorrido, muita gente presenciou a revolta dos familiares clamando por justiça.

Em contato com 91ºCIPM fomos informados, que o fato ocorrido na noite do dia (01) não tem nada ver com a policia militar pois quem fez todos os tramites foi a Guarda Municipal, a policia ficou sabendo do ocorrido momentos depois, se deslocando até a UPA para averiguar a situação.

 

 

Da redaçao www.contornofm.com.br/ foto fecebook

 

Assunto Relacionado

Comente